terça-feira, 6 de novembro de 2012

Lomografia: Diana mini / Lomography: Diana mini


No outro dia estava a rever algumas fotografias e cheguei à conclusão que nunca aqui falei a sério sobre lomografia. Quando descobri a lomografia pela primeira vez, fiquei maravilhada. Desde pequena que percorro os álbuns de fotografia da minha avó com imenso carinho e admiração. A lomografia é para mim uma maneira de obter hoje imagens nostálgicas e diferentes, com valor, únicas e excepcionais. No mundo actual onde tudo é digital e perfeito, sabe bem ter algo que não conseguimos controlar e cujo resultado é uma surpresa.

Portanto hoje vou falar-vos um pouco da minha camera e porque a escolhi, pois considero importante terem algum feedback caso pretendam comprar uma camera. Espero que gostem!


The other day I was watching some pictures and I came to the conclusion that I have never said anything serious here about lomography. When I first discovered it, I was simply amazed. Ever since I was a little girl I loved to watch my grandma old photo albums, they filled me with great joy and admiration. To me, lomography is a way of getting those nostalgic and different images, with a value, unique and exceptional. Nowadays where everything is digital and perfect, it tastes good to have something we can’t control with a result which is always a surprise.

So today I will tell you which camera did I choose and why, because I think it is important if you are thinking about buying one to have some feedback of cameras. I hope you’ll enjoy





Escolha da câmera.

Não vou estarei a mentir se vos disser que demorei cerca de 3 meses a escolher a máquina ideal para mim, com muitas idas à embaixada lomográfica em Lisboa e muitas conversas com amigos.

No final decidi-me pela Diana mini, por várias razões:
  •          A diana mini usa filmes de 35mm, que continuam a ser os mais fáceis de encontrar. Quando vou de férias, quero estar descansada a tirar fotografias sem pensar que tenho que poupar rolo. Este foi um factor condicionante.
  •          A diana mini continua a ser uma das máquinas mais fofinhas de sempre. Quando era pequena tive uma máquina de brincar muito parecida com esta, por isso, para além de tirar fotografias a minha querida lomo é uma brincadeira pegada. Penso que é importante gostar do design da nossa máquina e a diana mini conquistou-me desde o início.
  •          Com esta camara, é possível tirar dois tipos de fotografias, quadradas ou o equivalente a meio quadrado. A minha paixão são as fotos quadradas, por isso ainda não tirei nenhuma na segunda configuração (e já tenho a máquina há quase 1 ano… ) mas tal não deixa de ser um ponto positivo, que espero em breve por em prática.
  •          Uma das coisas que também me agrada na diana mini é a facilidade com que se opera a máquina. Se aqui o meu objectivo e fazer o menos possível em termos técnicos e deixar a máquina fazer a sua magia, não há máquina mais fácil de operar que a diana mini e isso é algo que considero essencial para quem se está a iniciar na lomografia

Deixo-vos aqui algumas fotos que tirei com a minha amiga para vos inspirar. Espero que as minhas dicas vos sirvam de alguma coisa se estão a pensar comprar uma lomo!

Picking the camera.

I will not lie to you if I tell you I spend almost three months picking my camera that would be ideal for me, with many trips to the lomography embassy here in Lisbon and many talks with my friends.

In the end I have decided to go with Diana mini for several reasons:

  •          Diana mini uses 35mm films, which are still very easy to find these days. When I go on holidays, I want to be relaxed and take my photos without thinking I will have to save them because I only have one film. This was a very important factor in my choosing.
  •          Diana mini is one of the cutest cameras ever. When I was a child I had a toy camera just like this one and I loved it, so, other than taking pictures, this camera is my favorite toy and I love to have fun with it. I think it is rather important to like the design of your camera, and Diana mini conquered my heart from the start.
  •          With this camera, you can take to type of pictures, squared pictures or the equivalent to half a square. My passion is suqared pictures So I haven’t taken any in the second configuration ( I can’t believe this, I have my camera for almost a year…) but this is still a high point that I am hoping I’ll put into action soon.
  •          One of the things I also love about Diana mini is the overall easiness of it. If my main goal was to  use as little as possible the technical part and let the camera do its magic, than this machine is amazing and very easy to operate, which I think it’s also essential if you are making your way into lomography.


So now I will leave you with some photos that I took with my friend to inspire you. I hope my tips will help you if you’re thinking about getting a lomo!


 



 










 Alcagoita

3 comentários:

  1. I don't know a single thing about cameras, but your pictures are beautiful! Your photos always have a very special atmosphere. <3

    ResponderEliminar
  2. Ai Sara, um dos meus sonhos é ter uma câmera dessas! Já li muito sobre lomografia e tenho muita vontade de tirar fotos assim, só não me sinto segura quanto aos filmes - eu morro de medo de não saber usar, de estragar... espero que eu perca o medo. :)
    Adorei as suas fotos!
    beijinhos

    ResponderEliminar

Please tell me what you think! *(: