domingo, 28 de abril de 2013

Das fábricas e dos azulejos /About the factories and the tiles




Do azulejo tradicional português, conhecia duas fábricas em Lisboa de nome: A fábrica de Santanna e a fábrica da viúva de Lamego. Na sexta-feira e em muito boa companhia tive a oportunidade de correr um bocadinho mais esta cidade no rasto do azulejo e destas duas fábricas, uma na Calçada da Boa Hora e outra que, embora se tenha deslocado para os lados de Sintra, manteve o showroom nas instalações originais no Intendente.

Da fábrica de Santanna, ficou uma enorme surpresa, que ao virar da esquina exista ainda uma fábrica de fabrico artesanal, com verdadeiros artistas. Na altura não tive oportunidade para visitar as instalações por dentro (algo que obviamente planeio fazer em breve, e que é possível depois de marcação) mas tudo ali me maravilhou e me deixou cheia de curiosidade. Dos painéis e das fachadas inacabadas que se conseguia ver, a coisa promete e não é pouco.

Da Viúva de Lamego, voltou a ficar a vontade de visitar as instalações da fábrica (que, novamente, é possível após marcação) e acima de tudo o fascínio pela fachada do showroom da antiga fábrica, que nunca tinha visto. Pode-se dizer que depois de sair das ruas fininhas que vão do Martim Moniz ao Intendente, chegar ao largo e ver aquela fachada, com o sol a bater-lhe de frente em plena tarde de Primavera, é qualquer coisa do outro mundo. Da viúva de Lamego ficou ainda a vontade de comprar os azulejos azuis e brancos tradicionais e lambrilha, um tipo de azulejo de dimensões mais reduzidas e com mais cores, e que sempre me fascinou em casa da avó do M. Na verdade, nunca pensei que se podia comprar lambrilha assim com tanta facilidade, algo que me agradou bastante.

Enfim. A tarde foi mais que inspiradora, não só para deixar satisfeito o meu fascínio pelo azulejo mas também para me dar ideias de padrões e formas. Se tiverem oportunidade, não deixem de dar uma vista de olhos. Mais sobre a fábrica de Santanna aqui e aqui, e mais sobre a Viúva de Lamego aqui e aqui.

Portuguese tiles have always been a fascination and I knew by name two tile factories here in Lisbon: The “Santanna” factory and the “Viúva de Lamego” factory. Last Friday I had the chance of going throw this amazing city with some great company and found a little bit more about these factories, one in Calçada da Boa Hora and the other one in Largo do Intendente (actually it was the showroom in the old factory, since the new factory is now near Sintra).

I loved to see that the Satanna factory works just around the corner in a regular street here in Lisbon, with real craftsmen and artists. At the time I did not had the chance to visit the inside of the factory but I know that this is possible if you mark it in advanced (which I am going to do next time!). Everything there left me very curious and marveled; from the panels and facades (is this the right word?) everything there seemed a dream.

In the “Viúva de Lamego” old factory/showroom I once again fell the need to visit the factory ( which, again, you can do) but the most amazing thing I saw was the outside of the building, all built with tiles. You must understand that to get there, I passed throw some very tight and dark streets, to find myself in the most amazing plaza, with the sun shining behind the tiles in the front of the building. It was amazing. There I could find my favorite Portuguese blue& white tiles and most of all a special type of tiles, called “lambrilha” (they are smaller and more colorful) that M.’s grandmother had in her house and my favorite type of tiles. Actually, I never though one could by this type of tiles so easily nowadays and that made real happy.

At the end, this was a truly inspiring afternoon, not only because I had my fill with amazing tiles but also because I got some new ideas/inspiration for patterns and shapes. If you have the chance, please visit this two amazing places! More information about the Santanna factory here and here and about the Viúva de Lamego factory here and here.



Alcagoita

3 comentários:

  1. Wow, it's so pretty!! I wish I could go to these places :D

    ResponderEliminar
  2. How beautiful! I've seen similar tiles when I visited Madeira, I suppose that it's the same cultural influence, right? They were really pretty.

    ResponderEliminar
  3. Que passeio fantástico, Sara!
    Imagino que encanto para os olhos! Aqui no Brasil os azulejos portugueses são muito apreciados. Vários artistas daqui fazem instalações artísticas e pinturas com inspiração nesse tipo de azulejo. É muito bonito de ver!
    Bjs,

    ResponderEliminar

Please tell me what you think! *(: