segunda-feira, 6 de maio de 2013

Dias de feira/ Fair days



@ Feira das Almas
@ Mercado do Velho & do Novo

Adoro feiras, e isso é coisa que quem me conhece sabe bem. As minhas favoritas são as de antiguidades. De Lisboa, posso-me orgulhar de conhecer uma boa quantidade de feiras às quais tento não faltar. Uma das minhas favoritas, claro está, é o mercado velho e novo do CCB e o mercado de antiguidades que acontecem ambos no primeiro domingo de cada mês em Belém.

Desta vez, meti conversa com um dos senhores que é presença garantida no mercado de antiguidades que me apresentou a técnica de zincografia, que não conhecia. As zincografias, são aquelas placas metálicas com que se estampavam as notícias no jornal. O que eu não sabia era como é que isto era feito, e ali no solinho bom de domingo à tarde descobri não só como estas gravuras se chamavam mas também como todo o processo se desenvolve. Adorei.

A parte engraçada é que há algum tempo que namoro as zincografias, sem na realidade saber como se chamavam. Até tenho uma em casa, é de uma banda desenhada chamada “O Salto” e é um dos meus bens “mais valiosos” para mim. E vocês? Conheciam a zincografia?


Outra feira que andava a tentar ir há algum tempo e desta vez consegui foi a feira das Almas, que acontece no primeiro sábado de cada mês no Regueirão dos Anjos. A feira é excelente, mas o que ali me convenceu de imediato foi o espaço em si, uma fábrica abandonada, e o caminho até lá, o Regueirão dos Anjos, uma rua rebaixada, onde passamos por túneis debaixo dos prédios numa espécie de caça ao tesouro dentro da cidade. Não conhecia e adorei!

E vocês? Também têm o vício das feiras?

I just love fairs and markets, and people who know me know this very well. My favorite types of markets are the antique markets. I feel very proud of myself for knowing a big amount of fairs and markets here in Lisbon and one of my favorite is, of course, the old & new market in CCB and the antiques market in Belem, and both of them happen on the first Sunday of each month.

This time, I chatted with a man who was selling zincographies in the antiques market and he introduced me the technique of zincography, something I didn’t knew nothing about. Zincographies are those metallic pieces that were used to create the newspapers in the old days. What I did not know was how it was done and it was amazing to find it out right there under a May’s wonderful sun. I loved it.

The funny thing is I have been in love with zincography for a while now without really knowing how it was called. I even have one at home, it is called “The jump” and it is one of my most valuable private possessions. And how about you? Do you know about zincography?


Another fair I was planning to go for a while and this time I managed to go was the “Feira das Almas” (Market of the Souls, pretty much like a flea market), which takes place on the first Saturday of each month at a street called “Regeirão dos Anjos”. The market is excellent but what really spoke to me was the space, an old factory, and the street, a downgrade street where you walk in tunnels bellow the old buildings – amazing! I did not knew it and now I love it!

And how about you? Are you also addicted to fairs and markets?

Alcagoita

2 comentários:

  1. I absolutely love fairs and markets! Goodness, you are lucky to get to go -- yours looks like a real treasure trove. Unfortunately, markets like these have yet to become really popular here -- there is too much of a preoccupation with commercialised, branded stuff :(

    ResponderEliminar
  2. adoro feiras e já tomei nota destas. obrigada pela partilha. onde fica regueijão dos anjos?

    ResponderEliminar

Please tell me what you think! *(: