quinta-feira, 16 de outubro de 2014

O fuso da roda / The spindle of the spinning wheel





O Sr. António Mestre vive numa aldeia do concelho de Alcoutim e durante muito tempo tomou conta do museu etnográfico da aldeia. Com um vasto conhecimento em diferentes técnicas artesãs, agrícolas e não só do concelho o Sr. António escreveu um livro e é uma fonte de conhecimento enorme, com uma simpatia ainda maior.

Foram os meus pais que primeiro falaram com ele enquanto faziam a via algarviana e deram-me o contacto. Quando lhe disseram que me interessava pelas questões da lã e do processo manual o Sr. António deu-lhes este fuso, muito característico das rodas do Baixo Alentejo & Algarve que vi pela primeira vez aqui. Quando vi o fuso nem queria acreditar – parece que nos próximos tempos vou construir a minha roda, com base no modelo que mais me apaixona.

A viagem ao Algarve não serviu só para ir aprender a trabalhar a palma, mas também para conhecer pessoalmente o Sr. António que tanta paciência tem tido comigo. Há coisas que parecem caídas do céu.

Mr. António Mestre lives in a village in Alcoutim and for many years was charged of the ethnographic museum of his village. With a vast knowledge in different craftsmanships, agricultural and other traditional techniques of Alcoutim, Mr. António wrote a book about it and his huge knowledge can only be equaled by its sympathy.

My parents were the ones that first came to know him while they were doing the Algarviana route and gave me his contact. When they’ve told him I was very interested in wool and its manual process Mr. António gave them this spindle, very characteristic of the spinning wheels from Baixo Alentejo & Algarve that I’ve seen for the first time here. When I saw the spindle I couldn’t believe my eyes – it looks like I’m going to be busy in the next times building my own spinning wheel, based on a model that I’ve come to love so much.


The trip to Algarve not only served to know how to work with palm but also to personally know Mr.António that has been so patient with me. Sometimes there are some things that almost look like they fell from the sky.





2 comentários:

  1. Oh, it must have been a fun trip! And I'm sure you will treasure the spindle a lot. :)

    ResponderEliminar
  2. Fiquei a pensar neste post... Tenho andado a ver umas "rodas-de-fazer-em-casa" muito interessantes. Temos de pôr a conversa em dia. Aquele email que ainda estou a dever há de seguir em breve ;)

    ResponderEliminar

Please tell me what you think! *(: