quinta-feira, 11 de junho de 2015

Casa Hernanz










Gostava de ter feito este post mais completo, mas quem sabe um dia complete com a informação toda que queria por aqui.

Esta história deve começar comigo a dizer que adoro usar alpergatas e a razão é simples: são confortáveis, fáceis de usar, excelentes para ir para a praia ou só-para-ir-ali-ao-café e há que dizer que também costumam ser relativamente baratas. Sabia que na maioria dos casos eram feitas em Espanha mas até há uns anos atrás nunca me tinha preocupado muito com elas - até ter lido uma referência rápida ao uso das alpergatas e o seu fabrico no livro do Orlando Ribeiro que me deixou com a curiosidade aguçada. Na altura pesquisei um bocadinho mais e sim, as alpergatas são feitas com plantas autóctones do mediterrânio, relativamente fáceis de fazer e usadas há muito, muito tempo.

E isto ainda me fez gostar mais delas.

Portanto não será de espantar que quando vi que uma das lojas mais antigas de alpergatas ficava em Madrid, tive que lá passar. Não se deixem enganar pelas fotos – sim, há fila para entrar (que no meu caso nem demorou muito tempo) e não pensem que é coisa de turista, porque vê-se de tudo um pouco na fila – há minha frente estava uma senhora que ia encomendar umas alpergatas especiais, um pouco mais à frente estava um homem a comprar ráfia (sim, não se vendem só alpergatas mas também artigos de cordoaria).


A Casa Hernanz é facilmente a loja mais bonita que vi em Madrid e vale a pena a visita.

I wish I could have made this post more complete but who knows and one day I’ll complete it with all the information I want to put here.

This story must start with me saying I love espadrilles and the reasons are simples: they are very comfy, easy to use, and excellent to go to the beach or just go-down-the-street-to-have-a-coffee and also because they are quite cheap. I knew that in most cases they were made in Spain but until some years ago I didn’t care that much about them – until I read some references to the use and fabrication of espadrilles in the OrlandoRibeiro’s book that made me very curious. At the time I’ve done some research and yes the espadrilles are made with a plant from the Mediterranean, easy to makeand have been used for a very long time.

And this made me like them even more.

So now it is no surprise when I tell you that when I found out that one of the oldest espadrilles shops was in Madrid I just had to go. Don’t be mistaken by the photos – yes, there is a line to get in (which in my case didn’t took long) and this is not a place just for the tourists to see – in front of me there was a lady ordering some special espadrilles (they make them by order too) and a little further ahead there was a man buying raffia (yes they don’t only sell espadrilles but also cordage products).

Casa Hernanz is quite easily the most beautiful store in Madrid and it is well worth to visit.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Please tell me what you think! *(: