quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Começar com o simples – parte II / Starting with the simple things – part II




Fazer Roupa

Não sei se será assim com toda a gente (muito provavelmente não) mas o maior sonho/pesadelo que tenho da máquina de costura é fazer roupa e não sei porquê – a única vez que tentei a sério saiu bem.

No que diz respeito a roupa, e para se perceber bem o corte das peças não há nada melhor que usar uma camisola que se goste e tentar fazer dela o molde – pelo menos foi o que fiz. A segunda hipótese mais uma vez é começar com o mais simples de tudo e fazer algo que ainda que não se possa considerar “roupa” é algo “de-usar”. Um avental.

Simples. Dobrei o tecido ao meio desenhei o que queria com o giz e como cortei o tecido dobrado consegui garantir a simetria do avental. Deixei mais ou menos 5 centímetros para a bainha porque a fiz com duas dobras para ficar mais perfeita. Para a alça e o atilho utilizei a mesma técnica que já utilizava para as alças das malas. Numa noite, ficou feito.

A verdade é que o tecido também ajudou: as chitas são muito fáceis de trabalhar e têm a vantagem de terem sempre padrões que para mim são interessantes.



Making clothes

I don’t know if this happens with everyone (most probably no) but my biggest dream/nightmare regarding the sewing machine is to make clothes and I don’t know why – the only time I tried it the result was ok.

When it comes to making clothes and to really understand the basis of fit there is nothing better to use a blouse you like and using it as a mold – at least that was what I first made. The second is of course is to start with something simple and tough this is not something you can considerable “clothes” it is something you “can wear” – an apron.

Simple. I folded the fabric and draw the shape I liked with chalk and the cut it – this way I could make sure it was symmetric. I left more or less 5 cm for the seams because I folded them twice so you can’t see the part were the fabric was cut. For the straps I used the same technique I used with the bags. I made this in just one evening.


The truth is the fabric also helped: the “chita” fabric is very easy to sew and has the advantage of always having such interesting patterns.




2 comentários:

  1. Que lindo avental e que linda mala. Também comprei deste tecido. Adorei.

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito! (Eu sem um avental em condições não faço nada, bem de 1ª necessidade! :) )

    ResponderEliminar

Please tell me what you think! *(: