terça-feira, 29 de setembro de 2015

Museu da chapelaria / Millinery Museum











Em São João da Madeira, onde ainda hoje existe uma forte componente industrial no fabrico de chapéus, ficava uma das maiores fábricas que está actualmente convertida em museu.

Para além de ser uma excelente mostra de património arqueológico industrial o que mais me fascinou foi todo o processo de feltragem e enformação da fibra (lã, pêlo de coelho e até pêlo de castor) sobre o qual conhecia muito pouco ou nada (a maioria dos museus que visitei de industria têxtil debruçam-se mais sobre a transformação da lã para o fabrico de fio). Tanto a colecção em si como o espaço estão bem organizados e todo o processo é percetível, o que para mim é das coisas mais importantes. Há ainda uma exposição temporária.

Em nota de rodapé, fica a sugestão de fazer os circuitos do turismo industrial. Ainda não tive oportunidade de fazer, mas acreditem que está na lista.


In São João da Madeira, where there is still today a strong influence of the hat making industry, there was one of the biggest factories which was converted into a museum.

Other than the huge significant it has for the industrial archeological heritage what truly fascinated me here was the whole felting process (wool, rabbit hair and beaver hair) that I didn’t knew a lot about (in all the textile museums I’ve been the biggest part of the exhibition was mainly dedicated to the thread production). The collection itself and the space are well organized and above all the whole process is quite easy to understand, which for me is very important. There is also a temporary exhibition.

In a footnote I’ll suggest you’ll do the routes of industrial tourism. I haven’t had the chance to make them but thrust me, is on the list.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Please tell me what you think! *(: