quarta-feira, 21 de outubro de 2015

EtelBert V1.0




Foi a Isa que primeiro me falou num workshop que ia haver na Lisbon Maker Faire onde se podia construir e aprender a usar um tear.

Antes disto acontecer sabia muito pouco sobre o FabLab – sabia alguma coisa sobre prototipagem rápida ou impressão 3D mas nunca pensei muito na sua aplicação prática.

Na página do projecto pode ler-se:

"Estamos a iniciar um trabalho colaborativo com a AARL (Associação de Artesãos da Região de Lisboa). Como principais objectivos está o de aproximar a comunidade “maker” da comunidade de artesãos possibilitando troca de conhecimentos e o reconhecimento por parte da comunidade “maker”  da importância e do valor ancestral dos saberes e das técnicas da produção manual, valorizando-se a produção humanizada num contexto emergente de produção e fabricação digital. Procuramos estabelecer a complementaridade entre os espaços onde se pode fazer quase tudo (Fablab’s) e pessoas que podem fazer quase tudo (artesãos). Como intervenientes no processo estão alguns artesãos da AARL e a equipa do Fablab Lisboa. Consideramos quatro temáticas com ponto de partida dos projectos: as técnicas, as ferramentas, os materiais e os produtos.

Texto por Alexandre Cardoso – Designer do FabLab Lisboa"


Para mim o que ficou foi uma experiência muito produtiva com pessoas fantásticas. O EtelBert tem a possibilidade de se tornar uma ferramenta muito interessante para a aprendizagem da tecelagem e o melhor de tudo é que foi desenvolvido para facilitar a aproximação de quem quer aprender com as ferramentas em si (neste caso um tear cujos planos vão ficar disponíveis e que pode ser facilmente “impresso” por qualquer entidade que tenha a capacidade de o fazer). Pode não ser o melhor tear do mundo mas para mim que estou a aprender foi sem dúvida uma experiência excelente poder montar o tear, aprender sobre o seu funcionamento e finalmente aprender a utilizá-lo. Julgo que quer seja para miúdos ou para adultos, este tear efectivamente funciona e é uma boa aposta.

Acho o projecto em si delicioso e muito bem pensado e estruturado e é com muita pena que ainda não consegui voltar a pôr a teia no EtelBert e começar uma peça maior e mais complexa (está na lista, mas este Outono tem-se revelado muito difícil de acompanhar…).


Pelo que me disseram vão haver mais workshops em breve por isso basta estar atento.


It was Isa whom first told me about this workshop at Lisbon Maker’s Faire were one could construct and learn how to use a loom.

Before that happened I knew very little about FabLab – I knew some things about rapid prototyping and 3D printing but I never cared much about its practical application.


For me it was a very productive experience with amazing people. The loom Etelbert has the ability to become a very interesting tool in learning how to weave and the best thing is that it was developed to ease the approach of whom wants to learn to the tools itself ( in this case a loom that will have its plans online and can easily be “printed” by anyone whom has the ability to do just so). Now it may not be the best loom in the world but for someone like me that is just starting to learn was without a doubt an excellent experience to be able to assemble the loom, understand how it works and then learn how to work with it. Either kids or adults will love to work with it and it is a very efficient loom to learning.

I think this project is simply amazing and well thought throw and I am very sorry I haven’t had the time to start weaving again since the first time I made it and produce something bigger and more complex (it is on the list but these past months have been just too hard to keep up with..)

From what I’ve been told there will be more workshops soon.





Sem comentários:

Enviar um comentário

Please tell me what you think! *(: